Aprovado PL CD nas UTIs em Goiânia - 1ª votação 2 - 600 x 450

Foi aprovado, em PRIMEIRA VOTAÇÃO, projeto de lei que estabelece a obrigatoriedade da presença de cirurgião-dentista nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e demais unidades hospitalares públicas e privadas de internações prolongadas, no município de Goiânia. A matéria,de autoria do vereador Emilson Pereira (Patriota), foi votada na manhã desta terça-feira, 29 de setembro, na Câmara Municipal de Goiânia.

1ªvotação 1 - 600 x 450
Votação na Câmara Municipal de Goiânia


O projeto de lei tem como objetivo reduzir o tempo de internação, a taxa de infecções hospitalares e aumentar a qualidade de saúde dos pacientes. O PL prevê um cirurgião-dentista responsável para o acompanhamento dos pacientes a cada dez leitos.

Após a aprovação em primeira votação, a matéria será encaminhada para a Comissão de Saúde e Assistência Social, onde será votada. Em seguida, voltará ao Plenário novamente para a segunda e última votação. Depois, será encaminhada ao prefeito de Goiânia para sanção ou veto.

1ªvotação 4 - 450 x 600
Da esq. para a dir.: Célia Faria (assessora da Presidência do CROGO);
vereador Emilson Pereira;e a 
representante da Comissão de Odontologia
Hospitalar do CROGO, Dra. 
Ângela Amorim Izac


“A minha expectativa é a de que mais pacientes possam se beneficiar com este atendimento e que a Odontologia possa agregar ao time existente nos hospitais, levando suas experiências e adquirindo dos colegas”, afirma a Dra. Dra. Camila de Freitas M. S. Silveira, presidente da Comissão de Odontologia Hospitalar do CROGO. “Além de estabelecer mais campo de trabalho”, acrescenta.


Lucielle Bernardes
Assessora de Imprensa do CROGO
Em 29.09.2020

(Fotos: Assessoria do vereador Emilson Pereira)